30 de março de 2006

Chorando e regozijando...

Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram. Romanos 12:15

Com tanta gente precisando de encorajamento, bem que eu poderia me chamar "Barnabé". Mas, de maneira prática, como posso ser um "Barnabé"? Paulo ensina: "Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram". Paulo nos convida a praticar a empatia com as pessoas ao nosso redor, entrar na vida delas e permitir que compartilhem seus sentimentos mais profundos. Muitos de nós têm feito isto há anos. Quando as pessoas ao nosso redor passam por momentos difíceis, nos tornamos disponíveis para compartilhar suas dores. Mas o que me impressiona no convite de Paulo não é que ele nos convida para chorar com os que choram. Ele também nos pede para nos alegrarmos com aqueles que se alegram. Ter empatia com aqueles que sofrem é difícil. Mas, sob alguns aspectos, pode ser ainda mais difícil compartilhar da alegria dos outros. É difícil celebrar com um colega cuja carreira está deslanchando, enquanto nossa própria carreira permanece imutável. É difícil regozijar com amigos cujos filhos tiram só notas boas na escola, enquanto nossos próprios filhos sofrem para passar de ano. Nossa ministração em tempos de dor deve se moldar à nossa vontade de celebrar em tempos de alegria.

Pense: Ter empatia com quem sofre é difícil. Mas pode ser ainda mais difícil compartilhar da alegria dos outros.

Ore: Senhor, ajuda-nos a deixar de lado nossa inveja e a compartilhar da alegria de outros. Fazendo isso, que possamos construir amizades para um futuro ministério em teu nome. Amém

Um comentário:

cris disse...

gente vamos ler essas mensagens, são todas muito edificantes.