1 de abril de 2006

Judas...

"O que me darão se eu o entregar a vocês?" Mateus 26:15

Três anos seguindo Jesus, desfrutando da sua intimidade, Judas tem a coragem de nego-ciar com os sacerdotes o valor da sua entrega: "O que me darão se eu o entregar a vocês?" Eles responderam, "Trinta moedas de prata!" Assim, compraram a sua alma. Ele mudou de lado e, hoje, seu nome é sinônimo de traição. Como Judas, temos a tendência de concentrar nossos objetivos no egoísmo e em valores materiais. Homens e mulheres fazem qualquer negócio para serem reconhecidos no trabalho ou círculo social; alguns querem ficar ricos em pouco tempo; a maioria pensa apenas em seus próprios sonhos e na segurança financeira. A ênfase de Cristo em que devemos negar a nós mesmos, compartilhar nosso tempo, recursos e habilidades com nossos semelhantes, pode ser dolorosa e frustrante. É impressionante Jesus ter servido a Judas pão e vinho na última ceia (Mateus 26:17-29). Como isso afetou Judas? Ele refletiu no que estaria fazendo logo depois? Parece que não. No entanto, quando Jesus foi condenado à morte, Judas, sem sucesso, tentou desfazer o que havia feito. E depois, carregado de culpa, enforcou-se desesperado por trair sangue inocente (Mateus 27: 1-5). Em seu remorso, Judas sentiu o impacto da vida de Cristo em sua própria vida. Quem sabe, tarde demais!

Pense: O impacto da vida de Cristo em nossas vidas pode nos salvar ou nos condenar.

Ore: Graças te dou, Senhor Jesus, por teres me convidado a te seguir, por teres me salvado, por me ensinares o caminho da vida e por teu perdão, nas vezes que tenho te traído por causa do meu egoísmo.

Um comentário:

Leandra disse...

Nossa que forte né...
Muitas das vezes temos deixado nossos desejos e sonhos terrenos dominar nossa vida! Todos nós jovens desta geração temos muitas atividades: trabalho, faculdade etc etc... porém o importante é sabermo conviver com isso... A vida de Jesus na terra é um exemplo do que deveremos ser... Não vamos ser JUDAS e esquecer do que o Pai da Eternidade fez e faz por nós!!!